classificar-o-mundo-03

Cai na Prova. Poucos sabem, mas agora você vai saber.

Logo após o lançamento do Curso Descomplicado para CA-600 recebi a seguinte dúvida, sobre um tema muito cobrado nas provas de certificação CA-300 e CA-600:

Preciso de explicações para a classificação das Instituições Financeiras entre ‘de crédito e distribuidora de valores’ e entre ‘bancárias e não bancárias’.

Parece algo muito complexo, mas é muito simples.

A resposta está entre classificar uma Instituição Financeira segundo o tipo de operação que ela realiza, ou segundo o ativo que ela está autorizada a emitir.

De crédito ou Distribuidora de Valores

de crédito

A primeira classificação, ‘de crédito ou distribuidora de valores’, é a respeito do tipo de operação que a instituição financeira realiza.

Os bancos comerciais por exemplo: a operação típica destas instituições é captar recursos para disponibilizar em forma de crédito.

Sua principal operação é fornecer crédito, então pode ser classificada como uma instituição ‘de crédito’. Simples assim.

Já, por exemplo, corretoras de valores: são tipicamente distribuidoras de valores mobiliários. Sua principal operação é fazer a intermediação entre outros dois agentes financeiros.

Da mesma forma, podem ser classificadas como instituição ‘distribuidora de valores’.

Bancárias e não bancárias

bancárias

Esta segunda classificação é a respeito do tipo de ativo que a instituição está autorizada a emitir.

Um ativo emitido por uma instituição representa o que ela pode fazer com o dinheiro que ela captou.

Novamente o exemplo da operação típica do banco comercial: ele capta depósitos à vista, e fazer empréstimo a curto prazo.

Agora não vamos classificar essa operação inteira (de crédito) estamos interessados apenas no ativo, ou seja, no produto final desta operação: o empréstimo de curto prazo.

As Instituições Financeiras autorizadas a fazer empréstimos de curto prazo podem ser classificadas como ‘bancárias’ (ou monetárias).

Todas as outras instituições, que não podem fazer empréstimos de curto prazo, podem ser classificadas como ‘não-bancárias’ (ou não-monetárias).

Qual a dificuldade?

 

qual a dificuldade2

Na maioria dos casos, os colegas que estudam para certificações bancárias, sabem que um banco comercial não é uma distribuidora de valores, mas sim uma instituição de crédito.

Sabem também, que uma corretora de valores não é uma instituição bancária, ao contrário de um banco comercial que obviamente é uma instituição bancária.

Mas como em toda pegadinha, a solução dessas classificações geralmente não está nas alternativas, mas sim no enunciado:

Segundo o tipo de operações que estão autorizadas a realizar, os bancos comerciais podem ser classificadas como instituições:

A. Bancárias
B. Não-monetárias
C. De crédito
D. Distribuidora de Valores

Na hora do exame o mouse vai quase que instintivamente para a alternativa A, afinal o banco comercial pode sim ser classificado como uma instituição bancária.

Porém, a questão se refere ao tipo de operação. E a operação típica de um banco comercial não são operações ‘bancárias’, mas sim operações ‘de crédito’.

Com efeito, a alternativa A está errada, restando correta apenas a alternativa C.

Nosso colega que enviou esta dúvida já é um profissional com algo a mais desde junho, quando obteve a certificação CA-600 . Junte-se você também aos profissionais certificados pela ABECIP clicando aqui.

(GRÁTIS) Todo o conteúdo da sua certificação em até 6 páginas!

Receba agora e comece a estudar de forma inteligente

Quase lá! Agora basta você clicar no link da sua certificação que acabou de chegar no seu email.